16 junho 2011



"Eu não quero poucos. Eu não quero muitos. Eu quero um. Um amor. Só um."

(Tati Bernardi)

Um comentário:

Fernanda Deunizio disse...

um só já é suficiente