03 julho 2009

"Olha, vem comigo aonde eu for
Seja meu amante, meu amor
Vem seguir comigo o meu caminho
E viver a vida só de amor..."




"Saudade é não saber. Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos, não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento, não saber como frear as lágrimas diante de uma música, não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche.

Saudade é não querer saber. Não querer saber se ele está com outra, se ela está feliz, se ele está mais magro, se ela está mais bela. Saudade é nunca mais querer saber de quem se ama, e ainda assim, doer."

Martha Medeiros



2 comentários:

Cruela Cruel Veneno da Silva disse...

saudade é morrer com a falta

Mel Costa disse...

Parabéns pelo cantinho! Muito fofo! E esse título não me faz pensar em outra coisa que não seja Marisa Monte! Sou apaixonada por suas música e "Infinito Particular" então, nem se fala! Visite meu blog! Tenho dois, o de poesia tem uma postagem cujo título é "Saudade", gostaria que visse a minha simples, mas poética definição.